Gato Persa: 6 coisas que você precisa saber sobre os gatos da raça persa

Você sabia que o gato persa é muito inteligente, sensível e bastante dócil? Essas são algumas das coisas que você, apaixonado por gatos, vai descobrir neste artigo.

Gato Persa - 6 coisas que voce precisa saber sobre a raça persa

Os gatos persas vieram da Pérsia (atual Irã), sendo descobertos por um viajante italiano, chamado Pietro Della Valle. Ele encontrou alguns felinos na rua, de pelagem exuberante e sedosa, por volta do século XVII. Graças ao viajante, a raça persa foi introduzida na Europa e se tornou popular rapidamente.

De rosto achatado, nariz arrebitado, olhos grandes e pelagem longa e brilhante, não é difícil reconhecer as características de um gato persa. O cruzamento com a raça Angorá, no século XIX, ampliou as cores de sua pelagem, fazendo surgir a raça que conhecemos atualmente.

O gato persa está cercado de curiosidades, por isso, vamos abordar 6 coisas que você precisa saber sobre essa raça. Confira!

  1. Ele não tem a energia de outros gatos

Geralmente, os gatos são ativos, gostam de saltar, mexer onde não devem e se aventurar pelas ruas. Isso não ocorre com os gatos persas. De temperamento calmo e observador, eles preferem ficar quietos, e raramente vão pular no colo das visitas ou fazer um passeio noturno pelo quintal.

  1. Gato persa tem personalidade dócil e inteligente

A inteligência dos gatos persas permite que esses pets se adaptem facilmente a qualquer ambiente, família e outros animais domésticos. São dóceis – não arranham nem mordem – e se dão bem com crianças. Entretanto, por serem calmos e gostarem de relaxar no sofá, esses gatinhos nem sempre estarão dispostos a brincadeiras.

  1. É sensível e discreto

Você raramente ouvirá o miado do gato persa, a menos que ele queira muito chamar sua atenção. Apesar de gostar da solidão, o persa é um pet sensível que não pode ficar muito tempo solitário, sob risco de desenvolver ansiedade. Outra característica é a sua discrição. Se ele se cansa de uma brincadeira, ele logo procura um canto para relaxar sem fazer estardalhaço.

  1. Adora comer e dormir

Quando a gente vê o Garfield – um dos gatos persas mais famosos do cinema – pode achar exagero a representação de um gato mal-humorado, preguiçoso e que adora comer. Na verdade, os persas realmente têm paixão pela comida e por uma boa soneca. Já a fama de mal-humorado é graças ao rostinho achatado que confere a eles esse visual “antipático”.

  1. É extremamente higiênico

Experimenta não trocar a caixa de areia do seu gatinho persa para ver o que acontece. Essa raça é bastante higiênica e não fará suas necessidades em local sujo. Portanto, cuidado para não deixar seu gatinho procurar outros lugares para fazer suas necessidades.

  1. Pode viver 14 anos ou mais

A expectativa de um gato persa é de 14 a 17 anos. A justificativa é de que esses gatos são caseiros e tranquilos demais, não se expondo a situações de perigo. Porém, essa expectativa diminui se ele for acometido por problemas típicos dessa raça (doença renal, problemas respiratórios e de pele).

Definitivamente, o gato persa é perfeito para quem tem uma família menos agitada e que gosta da companhia de um gato tranquilo, reservado, dorminhoco, porém, muito dócil. Esperamos que você tenha gostado de descobrir essas 6 coisas sobre os gatos persas.

Para que serve a Tabela Fipe e qual é a sua importância?

A tabela Fipe é utilizada como parâmetro para preços de veículos, seja para venda ou simples avaliação do carro para seguro. O uso da tabela Fipe é altamente difundido e suas indicações de preço médio são referência em todo o Brasil.

Atualmente há muita movimentação de compra e venda de automóveis na internet. Temos sites de classificados, sites de leilão de veículos, sites de concessionárias que colocam na internet o catálogo de veículos à venda. É um sinal dos tempos modernos que há muito comércio online de bens e serviços, e com os automóveis não seria diferente.

Há muitos compradores que desejam adquirir um veículo novo, mas não quer passar o dia entrando de concessionária em concessionária atrás do melhor negócio para o seu bolso. Então, esse comprador busca um automóvel online. E a tabela FIPE pode ajudar.

O consumidor comum, a não ser que seja um ávido conhecedor de carros, não saberá qual é o preço justo por aquele automóvel que deseja comprar. Então, ele precisaria ir de concessionária em concessionária atrás do menor preço para o modelo de carro que ele queira comprar.

 

Eu quero comprar um carro, mas não sei quanto ele vale.

O site Tabela Fipe dá ao internauta a possibilidade de buscar pelo ano e modelo exato ele que deseja. Consultando o site, o comprador pode saber se está fazendo um bom negócio ou se está pagando caro por um carro.

Digamos que determinado usuário está num site de leilões de automóveis. Esse comprador já se decidiu pelo modelo que quer e está disposto a dar um lance no automóvel. Porém, ele precisa saber até que preço ele pode dar um lance no carro para não acabar fazendo um mau negócio.

para que serve a tabela fipe e qual é a sua importancia

E eu que quero vender meu carro, como devo proceder?

 

A tabela Fipe também é importantíssima para quem deseja vender seu carro usado. Evite ser enganado descobrindo o preço justo do seu carro antes de vender, e quem sabe até você consegue um lucro com seu carro antigo acima do preço de mercado. Se informar antes de vender é fundamental, e ainda bem que a internet nos dá a possibilidade e a facilidade de descobrir o preço real do automóvel antes de gastar ou perder muito dinheiro. Uma simples consulta à tabela Fipe pode evitar um prejuízo de até milhares de reais na compra e venda de um automóvel.

 

É tão importante assim conhecer a tabela Fipe?

 

É de extrema importância. Somente consultando a tabela Fipe você terá a certeza de estar fazendo um bom negócio, seja vendendo ou comprando um automóvel. A tabela Fipe é bem completa e te mostra o preço médio de um carro ou moto com muita precisão.

Não deixe de consultar a tabela Fipe antes de adquirir ou vender seu automóvel. Você vai deixar passar uma grande oportunidade de fazer um bom negócio, que poderia ter sido realizado de maneira simples e por um preço justo.

Quando é Vantajoso ter Seguro Automotivo?

QUANDO É VANTAJOSO TER SEGURO AUTOMOTIVO

Adquirir um carro novo muitas vezes é sinônimo de preocupação. Será que seu veículo está no ranking dos mais furtados do Brasil? Não se esqueça de sempre conferir essa lista, ela provavelmente te ajudará a decidir se vale ou não a pena recorrer à contratação de um seguro automotivo. Vamos te explicar quando é vantajoso optar por essa situação. Veja só:

SEMPRE PENSE NO RISCO FINANCEIRO

De acordo com alguns especialistas essa decisão também depende do tipo de risco que você corre no seu cotidiano financeiro. Se um proprietário escolhe um seguro muito alto, de 30% do valor do carro, em três anos ele pode adquirir outro! Ou seja, o modelo que pertence a ele já vai ser desvalorizado, e pode acabar não compensando. Independentemente de qualquer coisa, é importante que o motorista preste atenção em suas atividades do cotidiano, se ele trabalha em locais perigosos ou está à mercê de fatores que coloquem o veículo em situação de risco, vale a pena repensar e planejar melhor.

Mesmo que o consumidor faça seus cálculos e veja que o seguro vai ficar caro, se ele se sentir mais seguro e confiante contratando o serviço mesmo assim, a decisão é dele. Essa é uma escolha que tem impactos psicológicos diretos e bem significativos. Na maioria das vezes as pessoas têm muito medo dos perigos em que seus automóveis estão submetidos e aí contratam um seguro para se sentirem mais tranquilas.

O recomendado mesmo é fazer um seguro que não seja tão caro e cubra apenas situações extremas em casos de roubos e furtos. Neste caso, as seguradoras e corretoras oferecem condições especiais. Para você saber se realmente vale a pena, verifique se o seguro vai custar pelo menos 30% o valor do carro, se sim pode ser que você ainda saia no prejuízo.

AVALIAR O PATRIMÔNIO

Nestas ocasiões, avaliar o valor do bem é extremamente importante. Além de analisar os riscos cotidianos é fundamental que o proprietário tenha em mente para quais fins ele usa o veículo. Se for para trabalhar por exemplo, não contratar um seguro pode ser uma ideia bem ruim. Caso aconteça alguma coisa, o reparo vai demorar, e provavelmente o motorista ficará alguns dias sem o seu veículo.

O seguro pode fornecer um novo veículo em casos de furto. Garantindo que o proprietário não fique desamparado e sem o veículo para trabalho ou necessidades cotidianas.

 

PRESTE ATENÇÃO NO RESSARCIMENTO

Alguns seguros são realmente caros quando olhamos de supetão, mas você já parou para pensar nos seus respectivos ressarcimentos? Ter um seguro automotivo é extremamente importante para não ser pego desprevenido. Existem carros que custam 40 mil reais, e o valor do seu seguro é de 3 mil. Os seguros de carros importados valem cerca de 5% do valor do carro. Vai variar muito do modelo que o proprietário tiver e quanto pagou por ele.

Ainda de acordo com especialistas, a orientação é que se o seguro ultrapassar 30% do valor do carro é importante pensar muito bem antes de fazer a contratação. O preço justo varia entre 10 e 15 % do valor do automóvel.

 

SEGURO CONTRA TERCEIROS

Mesmo que você não queira mesmo fazer um seguro, por pensar que as chances de roubo são remotas ou porque o valor está muito alto, vale ressaltar que outras pessoas podem causar danos ao seu veículo. E esses danos podem ser extremamente caros e te pegar desprevenido. Ainda que você decida não fazer um seguro supercompleto, vale muito a pena contratar um seguro contra terceiros, ou como ainda é conhecido como de responsabilidade civil. Ele incluirá perdas geradas por incêndio, roubo, furto ou até acidente causado por outro motorista, além de incluir reparo de danos a veículos de terceiros.

Viu só o quanto ter um seguro pode ser importante? Estude as opções de seguro no mercado. E escolha a que melhor se adeque a suas necessidades!

Como Configurar o modem vivo passo a passo

Nós sabemos que configurar modem é uma coisa chata e complicada, cada operadora tem seu próprio tipo de modem e às configurações são as mais diferentes possíveis então você pode acabar ficando meio perdido, então para ajudar a resolver essa dificuldade de uma vez por todas sem você ter que pedir ajuda a ninguém, criamos esse pequeno tutorial que vai te mostrar passo a passo como configurar o modem da operadora vivo de maneira simples e rápida que você com certeza vai aprender, vale lembrar que a vivo têm dois tipos diferentes de modem mas não se preocupem pois o procedimento é o mesmo o que vai mudar é apenas às informações passadas pela sua operadora.

configurar modem vivo

Primeiro passo:

O modem usa um cartão SIM então primeiro tudo insira esse cartão na parte de trás do modem antes de colocar na tomada, para evitar problemas é aconselhável que o seu modem tenha uma tomada só dele então evite colocar ele junto com outros aparelhos.

Segundo passo:

Procure no modem pela entrada sinalizada com a palavra LAN, essa é a entrada onde você vai colocar o cabo Ethernet e logo depois que você fizer isso já vai ser possível ver que todas as luzes ficam verdes, isso quer dizer que o seu modem está ligado e pronto para ser configurado.

Terceiro passo:

Agora que o modem está ligado você pode acessar ele para configurar, você pode usar um celular ou um PC (notebook ou Desktop, tanto faz) abra uma janela do navegador de sua preferência e digite na barra de endereços o IP do seu modem que é esse aqui: 192.168.1.1.

Quarto passo:

Uma vez que você acessou o seu modem vem a hora de realmente configurar modem vivo, esse processo vai pedir uma senha então comece digitando a palavra admin no campo sinalizado como nome de usuário e coloque a senha vivo, uma vez feito isso uma nova página vai se abrir com um formulário que você deve apenas preencher com seus dados e a configuração vai estar completa.

Quinto passo:

A sua operadora vai fornecer a você os dados que você precisa para o formulário que falei no campo anterior, você apenas tem que colocar cada um dos dados no local como fornecido pela sua operadora, os dados pedidos são: um nome de usuário que seja só seu e uma senha, o número discado e o tipo de autenticação, depois disso falta apenas o campo APN, feito isso basta clicar em próximo, não se preocupe com os dados para fazer isso a operadora vai fornecer tudo com antecedência então você apenas tem que anotar e ter eles em mãos na hora de configurar.

Sexto passo:

O próximo passo é configurar a sessão de wireless, essa é uma sessão bem simples de ser configurada, você apenas tem que clicar na opção “próximo” algumas vezes até ser levado a uma tela onde você deve escolher entre quatro opções, estas opções definem o nível de segurança que você quer no seu modem, você deve apenas escolher a opção “melhor” essa opção é a com a maior confiabilidade então é a mais segura depois disso você apenas tem que seguir para a próxima tela e pronto, você finalizou a configuração do seu modem.

A maior parte dos processos de configuração podem e devem ser feitos no modo automático, com ele ativado você apenas tem que fornecer às informações que listamos neste tutorial, isso torna o procedimento mais rápido e mais eficiente, assim você se livra de problemas que podem ser causados por uma má configuração manual, lembre-se de fechar a aba de configuração assim que terminar para evitar que crianças ou qualquer outra pessoa altere suas configurações sem que você perceba.

Um último aviso, esse tutorial é válido para os dois modelos atuais de modems fornecidos pela operadora vivo, então se você utiliza um modem muito antigo ou que foi originalmente fornecido por outra operadora às configurações ensinadas aqui podem não funcionar, nesse caso é importante que você entre em contato com a operadora e peça para que a troca do seu modem seja realizada assim que possível, isso vai tornar a sua conexão mais segura e causar menos problemas na sua conexão.

Como Colocar um Rastreador Veicular no meu Carro: Vale a pena?

Com os altos índices de roubo e furto de veículos em todo o país, às vezes, contar apenas com o seguro convencional não deixa o proprietário tranquilo. Nesse caso, é muito vantajoso ter também um serviço de rastreador veicular no carro.

Ele oferece diversos benefícios, que garantem melhor a segurança do auto e a tranquilidade do proprietário. E, hoje em dia, é muito simples contratar um rastreador veicular, sabia?

rastreador veicular para meu carro

Como colocar um rastreador veicular no meu carro?

 

Atualmente, são muitas as opções de empresas que trabalham com rastreador veicular no mercado. Elas, geralmente, oferecem, no mínimo, o monitoramento 24 horas do veículo, o bloqueio do carro em casos de roubo ou furto e um sistema de localização do veículo. Apenas com esses serviços básicos, os índices de recuperação de autos furtados ou roubados já são altíssimos no país.

Além disso, você pode contar com outras vantagens, oferecidas por algumas empresas de rastreador veicular – seja através dos planos básicos ou por meio de serviços adicionais. Veja algumas delas:

 

  • Instalação gratuita ou facilitada do equipamento de rastreamento;
  • Desconto em estacionamentos ou oficinas mecânicas conveniadas;
  • Seguros auto adicionais, com indenizações e coberturas diversas;
  • Devolução dos valores pagos pelas mensalidades do serviço de rastreamento, no caso de veículos roubados ou furtados não recuperados;
  • Serviço de assistência técnica ao veículo;
  • Serviços de acompanhamento do monitoramento do veículo com o rastreador veicular em tempo real, pela web ou por aplicativos de celular;
  • Descontos em estabelecimentos de serviços variados conveniados; etc.

 

Empresas de rastreador veicular

Algumas das principais empresas que oferecem, hoje em dia, o serviço de rastreamento veicular no mercado são:

 

  • Carsystem,

 

 

  • Ituran,

 

 

  • Suhai,

 

 

  • Star Tracker,

 

 

  • Positron, entre outras.

 

 

Vale a pena ter um rastreador veicular no meu carro?

Sim! Realmente vale a pena ter um rastreador veicular no seu auto. Além de proteger você e o seu veículo contra roubos e furtos, permite a recuperação do seu auto.  O serviço de rastreador veicular ainda pode lhe dar outros benefícios, como:

  • Seguro auto mais barato: as empresas seguradoras consideram que um automóvel com um rastreador veicular está bem mais protegido contra casos de furto e roubo. Assim, as mensalidades do seguro convencional costumam sair mais baratas para o seu bolso.
  • Segurança pessoal: as empresas de rastreamento têm ligação direta com o serviço de segurança pública. Se você for abordado por assaltantes quando estiver dentro do carro, pode acionar empresa, que logo enviará socorro policial ao local do fato.
  • Preço acessível: ter um rastreador veicular no seu veículo representa mensalidades bastante acessíveis. Há mensalidades, no mercado, a partir de, aproximadamente, R$ 50,00.
  • Muito mais tranquilidade: ao saber que você será alertado pela empresa de rastreamento, caso algo estranho aconteça com o seu veículo, com certeza, você passa o seu dia muito mais tranquilo em relação a situação do seu auto.
  • Coberturas adicionais: como já mencionado, se você desejar, há empresas de rastreador veicular que oferecem serviços com coberturas bastante vantajosas para você e o seu bem. Algumas delas chegam a ter coberturas que indenizam, segundo os valores da Tabela Fipe, o cliente no caso de roubo ou furto do veículo – conforme um seguro comum.

Já outras oferecem a devolução do pagamento das mensalidades do serviço, caso o auto seja roubado ou furtado e não recuperado.

 

Rastreador veicular

Portanto, pense bem na sua tranquilidade e na sua segurança e na do seu veículo, contanto com o rastreador veicular no seu auto!

A importância do SUS para a população carente

importancia sus

Conhecer a importância do SUS é fundamental para que se possa compreender a verdadeira relevância desse sistema para a população do país. Ainda mais no que se diz respeito a forma com que ele proporciona a assistência à saúde para a população carente.

Por isso, ao longo deste post serão apresentadas informações relevantes sobre o SUS. Aqui, você poderá entender como ele surgiu e como se tornou tão importante para a população brasileira, em especial para aqueles que têm uma renda extremamente baixa e necessitam de atendimento médico.

Importância do SUS: entenda o que ele é

Antes de conhecer a importância do SUS é preciso entender o que ele realmente é. De maneira geral, ele se caracteriza como um sistema de saúde público, que oferece aos cidadãos brasileiros o acesso universal, integral e gratuito aos serviços de saúde.

Atualmente ele é reconhecido como um dos melhores e mais amplos sistemas de saúde público de todo o mundo. A prova disso, é que mais de 180 milhões de brasileiros são beneficiados pelo SUS, que tem acesso desde a atendimentos ambulatoriais até aqueles de alta complexidade.

Além do atendimento médico-hospitalar, o SUS é o responsável por realizar ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde. Sendo composto pelas mais variadas políticas de saúde nesses eixos.

Apesar de ter conquistado todos esses avanços desde a sua promulgação em 1988, esse sistema de saúde ainda enfrenta complexos desafios. Os principais deles são a falta de recursos e problemas de gestão pública. Cabendo aos governantes e a sociedade civil desenvolver estratégias para superá-los.

A importância do SUS para a população carente

A institucionalização do SUS promoveu uma importante mudança no acesso a saúde do país. Sobretudo, para aquela parcela da população carente que não tinha condições de contratar os serviços médicos de instituições de saúde particulares.

Mas a importância desse sistema, para essa população não se limita apenas a isso. Para compreender melhor essa realidade, confira abaixo como o cenário de saúde mudou após a implantação do SUS:

Cenário da saúde antes do SUS

O sistema de saúde vigente no país antes da institucionalização do SUS era o INAMPS (Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social). Através dele apenas uma parcela da sociedade tinha acesso a atendimento médico-hospitalar de saúde.

Nesse período, a saúde não era considerada um direito de todos. Por essa razão, o acesso aos serviços públicos de saúde era restrito para os trabalhadores assalariados e seus dependentes, que representavam apenas 30 milhões de brasileiros.

A população carente era excluída desses serviços, ficando a mercê de caridade ou filantropia para ter acesso a algum tipo de atendimento médico. Além disso, as políticas governamentais de promoção à saúde eram deficientes, o que deixava essa população mais vulnerável.

 

Cenário da saúde após o SUS

O cenário da saúde após a implementação do SUS mudou completamente, sendo que a mais significativa foi a ampliação do conceito de saúde que até então servia de base para as ações de saúde no país.

O antigo conceito de saúde como ausência de doença, deu lugar a uma compreensão mais ampla do que realmente era a saúde. E foi devido a isso que começaram a ser criadas e desenvolvidas Políticas Públicas com o foco na promoção da saúde e na prevenção de agravos.

Depois do SUS, a saúde passou a ser considerada “um direito de todos e dever do estado”, assegurado pela Constituição Federal. Com isso, toda a população passou a ter acesso aos serviços de saúde nos seus mais diversos níveis de complexidade.

 

Ao longo do post foi possível compreender a importância do SUS no atual contexto de saúde. Esse sistema tem beneficiado principalmente a população mais carente do país, que tem acesso gratuito aos mais completos serviços médico-hospitalares.

Afinal, o SUS garante a cobertura de atendimentos que vão desde o pré-natal da mulher até aqueles serviços de saúde destinados ao idoso. Promovendo o acompanhamento integral aos usuários da rede.

Através dele, são desenvolvidas importantes políticas de saúde que garantem a saúde e qualidade de vida de todos os usuários do sistema. Contudo, o sistema ainda apresenta sérios obstáculos que dificultam a prestação de um atendimento de saúde de qualidade a todos os usuários.

Como acompanhar o processo do Seguro DPVAT?

Sabemos que os seguros de veículos cobrem danos materiais, mas o seguro DPVAT não é destinado a essa mesma finalidade.  Apesar de ser cobrado de forma obrigatória aos motoristas de veículos automotores, esse seguro é arrecado com a finalidade de cobrir os danos causados a qualquer vítima envolvida em acidentes de trânsito.

Você sabe como funciona e qual a finalidade do seguro DPVAT? Entenda o porquê dessa cobrança anual. Conheça quais os tipos de coberturas oferecidas pelo seguro DPVAT e esclareça suas dúvidas sobre esse assunto.

Seguro DPVAT

O DPVAT (Danos Pessoais Causados por veículos Automotores de Via Terrestre) tem como finalidade principal indenizar vítimas de acidentes de trânsito independente de quem é a responsabilidade e quantidade de pessoas, sejam elas motoristas, pedestres ou passageiros.

A taxa do seguro DPVAT é paga por motoristas proprietários de veículos automotores anualmente e de forma obrigatória junto ao IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores).

Caso o pagamento da taxa do seguro não seja realizado, o veículo não será considerado devidamente licenciado diante da fiscalização e o proprietário terá uma penalidade aplicada de acordo com a legislação.

Mesmo que o proprietário do veículo tenha o IPVA isento, a taxa do seguro DPVAT deve ser realizado obrigatoriamente no prazo do licenciamento do veículo.

Quem tem direito a receber o seguro DPVAT?

O seguro DPVAT paga os valores da indenização a qualquer vítima de acidentes de trânsito, independente de quem tenha sido culpado, desde que apresente as documentações necessárias para dar entrada no requerimento do benefício.

Como funciona o seguro DPVAT?

A cobrança da taxa do seguro DPVAT é realizada de acordo com a categoria do veículo. Do valor arrecadado através da taxa do seguro 45% é destinado ao Ministério de Saúde para despesas médico hospitalares das vítimas, 5% é voltado a administração do Ministério da Cidade para programas destinados a prevenção de acidentes de trânsito e os outros 50% é aplicado para realizar o pagamento das indenizações pelo seguro DPVAT.

Mesmo que o automóvel não esteja com as taxas pagas em dia com o DPVAT ou se não puder ser identificado, as vítimas do acidente de trânsito ou seus beneficiários terão direito à indenização da mesma forma.

O que o seguro DPVAT cobre?

O seguro DPVAT possui três coberturas para os casos de acidentes de trânsito. Sendo elas:

  • Casos em que a vítima venha a óbito: R$ 13.500,00, por vítima;
  • Invalidez Permanente (de acordo com a gravidade das sequelas causadas pelo acidente), com valor máximo de até R$ 13.500,00 (por vítima);
  • Reembolso por despesas médico hospitalares, cirurgias e medicações: valor máximo de até R$ 2.700,00 (por vítima).

Como dar entrada para receber o seguro DPVAT?

Para solicitar a indenização do seguro DPVAT, a vítima ou beneficiário tem o prazo de até três anos para acionar o benefício, a partir da data em que aconteceu o acidente. Isso deve ser feito em um dos pontos de atendimento, como exemplo, seguradora líder. Acessando o site você consegue localizar um ponto de atendimento mais próximo da sua região.

A lista de documentos para dar entrada no seguro DPVAT varia de acordo com a cobertura que fora solicitada. Confira-os a seguir:

– Boletim de ocorrência do acidente;

– Comprovantes de despesas médico hospitalar, medicações e cirurgia (O hospital tem a obrigação de fornecer os laudos médicos se necessário);

– RG, CPF e comprovante de residência;

– Em caso de falecimento, o beneficiário deve apresentar documentos que comprove o grau de relação com a vítima;

– Extrato bancário ou cartão do banco em que receberá o benefício para que os dados sejam marcados de forma correta. Caso não possua uma conta no banco o governo do estado auxilia na abertura de uma conta poupança totalmente gratuita para o recebimento do seguro DPVAT.

Para solicitar a indenização não é necessário intermediário, portanto, suspeite e denuncie caso seja cobrado algum valor ou porcentagem para requerimento do benefício.

Como acompanhar processo do seguro DPVAT

Como acompanhar o seguro DPVAT

Você pode acompanhar a solicitação do seguro DPVAT através do Serviço de atendimento pelo telefone (0800 022 1204) ou acessar o site DPVAT.

Basta preencher os campos com o número do CPF da vítima, beneficiário ou representante legal, selecionar o tipo de cobertura do seguro DPVAT, informar a data do acidente e nascimento da vítima. Em seguida clique em “não sou um robô” e no ícone de pesquisa.

Agora é só aguardar o resultado para saber como está o seu processo de requerimento da indenização.

Após a solicitação da indenização a vítima receberá o benefício em até 30 dias, exceto nos casos judiciários que podem demorar um pouco mais.

Consulta IPVA: Passo a Passo – Veja como é Simples

O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) trata-se de um imposto que deve ser pago todos os anos pelos proprietários de automotores. O valor arrecadado com IPVA é recolhido pelos estados para o investimento em melhorias do serviço público.

Atualmente, o valor do IPVA pode ser consultado pela internet, de forma bastante simples. Isso mesmo! Para isso, basta seguir os passos que serão ensinados a seguir:

 

Consultando o IPVA pela Internet

 

  1. Entre no site da Secretaria da Fazenda de seu estado ou do Detran (Departamento de Trânsito). No caso do estado de São Paulo, o endereço é: www.ipva.fazenda.sp.gov.br;
  2. Ao acessar esse endereço, aparecerá uma caixa solicitando a “Identificação do Veículo”, com alguns campos a serem preenchidos;
  3. Um dos campos a ser preenchido para consultar o IPVA é o “Renavam” (Registro Nacional de Veículos Automotores). Esse código tem o objetivo de manter devidamente registrados todos os veículos que circulam em território nacional e é expedido de Detran de cada estado.

Para encontrar esse número, verifique o verso do documento do veículo. Esse código, normalmente, está descrito no canto superior esquerdo do documento.

Preencha corretamente o campo “Renavam”, após obter a numeração;

 

  1. O próximo campo a ser preenchido é “Placa”. Basta inserir corretamente o código da placa do seu veículo;
  2. Um conjunto de caracteres aleatórios aparecerá embaixo do campo “Placa”. Digite os caracteres e depois clique em “Consultar” para obter os dados do IPVA.

 

Pronto! Na próxima tela aparecerão todos os dados do veículo e o valor que você pagou pelo último IPVA. Vale ressaltar que o valor do seu IPVA para o próximo ano aparecerá nessa consulta, provavelmente, apenas em períodos mais próximos a data de vencimento.

Já se você tiver algum IPVA atrasado, ele constará em uma relação, nessa página.

 

O que pode acontecer se eu não pagar o IPVA?

passo a passo consulta IPVA

Como mencionado, o IPVA deve ser pago em todo início de ano. Há opções de pagar o imposto à vista com desconto ou em até 3 parcelas, sem desconto.

Diversos são os transtornos ocasionados para quem não cumpre como pagamento do IPVA. Veja algumas das consequências do não pagamento desse imposto:

 

  • Ter o nome negativado junto aos Órgãos de Proteção ao Crédito, como o SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) e o Serasa. O devedor recebe um comunicado informando sobre dívida e sobre a inclusão do nome nesses Órgãos, caso o IPVA não seja pago até determinada data,

 

  • Ter o nome incluído na dívida ativa da União, o que impede de a pessoa fazer qualquer tipo de negociação com o Governo, até que o pagamento do IPVA seja regularizado,

 

  • Caso o carro com o IPVA atrasado for parado pela polícia, ele pode ser apreendido. O proprietário só revê o seu bem depois de pagar o valor do IPVA com a inclusão de juros e multas, além dos dias que o veículo apreendido permaneceu no pátio do Detran,

 

  • Se o proprietário do veículo apreendido não fizer os pagamentos devidos, poderá ter seu bem levado para leilão.

 

Como são calculados a multa e os juros do IPVA atrasado?

 

Muitas pessoas que ficam com o pagamento do IPVA em atraso têm dúvidas de como são calculados os valores da multa e dos juros em cima do imposto. Bem, o valor dessa multa varia de estado para estado.

No estado de São Paulo, por exemplo, essa multa é de 0,33% por dia no atraso do pagamento do IPVA. Também há a incidência de juros, que são calculados com base na taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia).

Portanto, não vale a pena deixar o IPVA atrasar. É preferível até mesmo retirar dinheiro da poupança ou fazer um empréstimo para não ficar com esse imposto atrasado – o que pode lhe gerar diversos transtornos, além da cobrança dessas taxas por atraso, aumentado, diariamente, o valor da dívida referente ao IPVA.

Veja mais sobre o site nas categorias de Dicas de Internet e Dicas de Saúde.

As Melhores Clínicas de Fisioterapia De São Paulo

clinicas fisioterapia sao paulo

A Fisioterapia é considerada uma profissão desde 1969, desde esse período pesquisas científicas têm contribuído para o avanço da prática clínica.

Um fisioterapeuta é o profissional que tem como objetivo conservar, desenvolver ou restaurar a capacidade física de seus pacientes. Este profissional pode trabalhar em hospitais, creches, centros de reabilitação, associações desportivas ou clínicas.

Uma clínica fisioterapêutica pode atender atletas para o tratamento de lesões (fisioterapia desportiva), danos cerebrais provocados por lesões ou alguma deficiência (fisioterapia neurológica), acupuntura, Pilates, dentre outros tratamentos.

Para você que é da cidade de São Paulo e precisa de algum serviço fisioterapêutico, mostraremos algumas das melhores clínicas fisioterapêuticas de São Paulo. Então não deixe de conferir este artigo na íntegra!

Clínica de Fisioterapia Dr. Robson Sitta

Clínica especializada em reabilitação ortopédica e reeducação postural, além de terapia manual, Pilates, fisioterapia esportiva, acupuntura, quiropraxia, estabilização segmentar terapêutica e reabilitação vestipular. Tratamentos liderados pelo Dr. Robson Sitta que é especialista em ortopedia e traumatologia.

A clínica de Fisioterapia Dr. Robson Sitta fica localizada na Rua Coriolano, 1480, Vila Romana – São Paulo. E também faz atendimentos domiciliar.

ASC Saúde e Bem-Estar

Fundada no ano de 2009, a ASC, dispõe de tecnológicos métodos para o tratamento de seus pacientes. Com foco nas áreas de reabilitação, clínica médica, estética e bem-estar, além de ter parceria com uma vasta equipe médica de outras especialidades que se situam no mesmo local.

Seus tratamentos incluem: fisioterapia e RPG, Pilates e yoga e estética – fisioterapia dermatofuncional. A clínica ASC fica localizada na Rua Mato Grosso, 306 – cjnto 1102.

Espaço Roncatto

Fisioterapia ortopédica, fisioterapia para corredores, rpg, Studio integrado e fisioterapia dermatofuncional são alguns dos serviços prestados pela clínica Espaço Roncatto.

Localizada na Alameda Santos, 455, Conjunto 811. A clínica dispõe de tratamentos para dores no quadril e no joelho, artrite, artrose, coluna cervical, torácica e lombar, punhos, cotovelos, ombros, tornozelos e pés e utiliza técnicas de Cinesioterapia, terapia manual, agulhamento, eletrotermofototerapia, seco e RPG nos seus tratamentos.

Possui também um vasto e equipado Studio de Pilates e treinamento funcional e equipamentos como bicicletas, esteira ergométrica e spinning.

Clínica de Fisioterapia Zaccarelli

Problemas ligados a ossos, músculos articulações ou ligamentos podem ser tratados na Clínica de Fisioterapia Zaccarelli que proporciona aos seus pacientes conforto e agilidade. Conta com uma equipe de profissionais qualificados e estrutura completa.

Localizada na Rua Santa Cruz, 289 – Vila Mariana. Oferece tratamento RPG para alongamento e fortalecimento da musculatura e correção de postura e movimentos, também oferece serviços de acupuntura, drenagem linfática e conta com um studio se Pilates.

Clínica Reability

A clínica oferece uma série de soluções em medicina e terapias aplicadas. Busca oferecer o melhor em Medicina Integrada, Prática Ortomolecular e Neutrologia clínica. Dispõe de serviços modernos e dinâmicos.

Localiza-se na Rua Gomes de Carvalho, 1581 (Vila Olímpia).

Viva FisioPilates

Espaço desenvolvido para o cuidado com a saúde, conta com serviços de Pilates, RPG, acupuntura, microfisioterapia, prodoposturologia, massagem, drenagem linfática e terapia crânio sacal.

Fisio Foco Fisioterapia e Hidroterapia

Uma das mais requisitadas clínicas fisioterapêuticas de São Paulo, conta com fisioterapia neurológica, ortopédica, urogenital que podem ser feitos a domicílio. Com relação aos serviços de hidroterapia, são feitos em uma piscina aquecida a 34°C e utiliza técnicas de relaxamento e exercícios de baixo impacto parra as juntas.

A clínica fica localizada na Rua França Pinto, 755 – Vila Mariana e visa tratar e reabilitar pacientes com doenças ortopédicas e neurológicas. Dispõe de profissionais especializados em idosos e crianças e atende diversos tipos de patologias. Tais como: distúrbios da coluna, artrite, lesões articulares, dores musculares Parkinson, AVC, entre outras.

Fisioclinica Clínica de Fisioterapia

Especializada em saúde e bem-estar, dispõe de tratamentos de fisioterapia em geral, RPG, Pilates, hidroginástica e estética.

Foi criada no ano de 2006 e localiza-se na Praça da Liberdade, 130, São Paulo.

SM Care Clínica de Fisioterapia

Clínica completa que realiza serviços de reabilitação e prevenção de lesões, contando com várias especialidades fisioterapêuticas, sempre fazendo uso de profissionais qualificados e reconhecidos internacionalmente.

Oferece serviços de acupuntura sistemática e estética, Pilates aparelho e solo, RPG método Souchard, fisioterapia respiratória, entre outros. Possui um espaço com salas individuais, estúdio completo para Pilates, aparelhagem moderna de eletroterapia, além de uma aconchegante ambiente.

Sua localização é: Rua Alvorada, 1289, Vila Olímpia.

Como medir a velocidade da internet com Fast com?

Muitos brasileiros costumam gostar de ficar por dentro da velocidade de suas conexões via internet. Seja para avaliar o desempenho do acesso à rede por meio de computadores e notebooks ou por meio de aparelhos de telefone celular e tablets.

Mas, quem se preocupa realmente com o desempenho de seu acesso à internet, obviamente, precisa contar com aplicativos ou sites que mostrem e indiquem a velocidade da web, monitorando a rede, como o Fast com. Recursos como esse costumam indicar quantos megabits atingiram os downloads realizados, assim como os uploads.

Fast.com: medindo a velocidade da sua internet

Um desses recursos disponíveis para quem quer conferir a velocidade de sua internet é a ferramenta desenvolvida pela empresa Netflix, o Fast com. O recurso foi criado por volta do ano de 2015 e desde lá, é bastante usado pelos brasileiros – de acordo com informações da própria empresa.

O Fast com é realmente uma maneira extremamente prática, fácil e simples de conferir a velocidade da sua internet móvel ou por banda larga. E isso pode ser feito de qualquer lugar do mundo.

Assim como quase tudo o que é desenvolvido pela Netflix, a empresa preza pela a ausência de comerciais e o desenvolvimento de designs simples e intuitivos, que auxiliem o usuário a obter as informações que deseja facilmente. Isso torna todo o processo de consulta ao Fast com muito rápido e fácil de ser feito, por praticamente qualquer pessoa.

Basta que você acesse o site Fast com por meio da conexão da qual você deseja saber a velocidade, que em poucos segundos, essa informação aparecerá em sua tela. Muito prático, não é mesmo?

A Netflix ainda salienta que o Fast com se utiliza de servidores da própria empresa e que funciona com a mesma precisão de qualquer outro recurso que realiza testes de velocidade. Assim, resultados que o usuário obtém toda vez que testa a velocidade de sua web, pelo mesmo dispositivo, costumam ser, na grande maioria das vezes, semelhantes e precisos.

MEDIR A VELOCIDADE DA INTETNET FAST COM

Fast com: o cálculo da conexão pessoal da internet

 

Vale ressaltar, no entanto, que embora todos os usuários almejem uma internet eficiente e ultrarrápida, a velocidade da conexão da web pode variar muito, além de ser afetada pela existência de demais usuários conectados em uma mesma rede – o que pode gerar um congestionamento no seu provedor. Caso a sua conexão à internet apresente problemas com certa frequência, o recurso do site Fast com fará a verificação da velocidade de download que o seu provedor de web vem recebendo.

Ainda, os testes sobre a velocidade da internet do assinante são diferenciados dos índices usados pela velocidade da Netflix. Isso porque a ferramenta Fast com faz o cálculo da conexão pessoal da sua internet.

O índice de velocidade do Fast com analisa e determina a velocidade mensal média de transmissões Netflix, durante os momentos do dia considerados de pico.

E o melhor! O recurso do Fast com está disponível para qualquer localidade do país e de forma gratuita! Seja o usuário um assinante ou não da Netflix. Não deixe de saber sobre a velocidade da sua internet. Acesse agora mesmo o site Fast com!

Média da velocidade brasileira

Vale ressaltar que desempenho médio da internet no Brasil – via banda larga- é de até 4,1 Mbps. Isso deixo o país abaixo da média mundial, ocupando lugares a partir da 80ª colocação quando o assunto é velocidade de internet.

Pelo menos, foi o que apontaram os dados do conceituado relatório “State of the internet”, da consultoria Akamai – que realiza levantamentos trimestrais, incluindo diversos países, como o Brasil.