A importância do SUS para a população carente

importancia sus

Conhecer a importância do SUS é fundamental para que se possa compreender a verdadeira relevância desse sistema para a população do país. Ainda mais no que se diz respeito a forma com que ele proporciona a assistência à saúde para a população carente.

Por isso, ao longo deste post serão apresentadas informações relevantes sobre o SUS. Aqui, você poderá entender como ele surgiu e como se tornou tão importante para a população brasileira, em especial para aqueles que têm uma renda extremamente baixa e necessitam de atendimento médico.

Importância do SUS: entenda o que ele é

Antes de conhecer a importância do SUS é preciso entender o que ele realmente é. De maneira geral, ele se caracteriza como um sistema de saúde público, que oferece aos cidadãos brasileiros o acesso universal, integral e gratuito aos serviços de saúde.

Atualmente ele é reconhecido como um dos melhores e mais amplos sistemas de saúde público de todo o mundo. A prova disso, é que mais de 180 milhões de brasileiros são beneficiados pelo SUS, que tem acesso desde a atendimentos ambulatoriais até aqueles de alta complexidade.

Além do atendimento médico-hospitalar, o SUS é o responsável por realizar ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde. Sendo composto pelas mais variadas políticas de saúde nesses eixos.

Apesar de ter conquistado todos esses avanços desde a sua promulgação em 1988, esse sistema de saúde ainda enfrenta complexos desafios. Os principais deles são a falta de recursos e problemas de gestão pública. Cabendo aos governantes e a sociedade civil desenvolver estratégias para superá-los.

A importância do SUS para a população carente

A institucionalização do SUS promoveu uma importante mudança no acesso a saúde do país. Sobretudo, para aquela parcela da população carente que não tinha condições de contratar os serviços médicos de instituições de saúde particulares.

Mas a importância desse sistema, para essa população não se limita apenas a isso. Para compreender melhor essa realidade, confira abaixo como o cenário de saúde mudou após a implantação do SUS:

Cenário da saúde antes do SUS

O sistema de saúde vigente no país antes da institucionalização do SUS era o INAMPS (Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social). Através dele apenas uma parcela da sociedade tinha acesso a atendimento médico-hospitalar de saúde.

Nesse período, a saúde não era considerada um direito de todos. Por essa razão, o acesso aos serviços públicos de saúde era restrito para os trabalhadores assalariados e seus dependentes, que representavam apenas 30 milhões de brasileiros.

A população carente era excluída desses serviços, ficando a mercê de caridade ou filantropia para ter acesso a algum tipo de atendimento médico. Além disso, as políticas governamentais de promoção à saúde eram deficientes, o que deixava essa população mais vulnerável.

 

Cenário da saúde após o SUS

O cenário da saúde após a implementação do SUS mudou completamente, sendo que a mais significativa foi a ampliação do conceito de saúde que até então servia de base para as ações de saúde no país.

O antigo conceito de saúde como ausência de doença, deu lugar a uma compreensão mais ampla do que realmente era a saúde. E foi devido a isso que começaram a ser criadas e desenvolvidas Políticas Públicas com o foco na promoção da saúde e na prevenção de agravos.

Depois do SUS, a saúde passou a ser considerada “um direito de todos e dever do estado”, assegurado pela Constituição Federal. Com isso, toda a população passou a ter acesso aos serviços de saúde nos seus mais diversos níveis de complexidade.

 

Ao longo do post foi possível compreender a importância do SUS no atual contexto de saúde. Esse sistema tem beneficiado principalmente a população mais carente do país, que tem acesso gratuito aos mais completos serviços médico-hospitalares.

Afinal, o SUS garante a cobertura de atendimentos que vão desde o pré-natal da mulher até aqueles serviços de saúde destinados ao idoso. Promovendo o acompanhamento integral aos usuários da rede.

Através dele, são desenvolvidas importantes políticas de saúde que garantem a saúde e qualidade de vida de todos os usuários do sistema. Contudo, o sistema ainda apresenta sérios obstáculos que dificultam a prestação de um atendimento de saúde de qualidade a todos os usuários.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *