Vale a pena investir em Links Patrocinados?

Você já ouviu falar dos Links Patrocinados? Quem trabalha com marketing digital ou está buscando novas estratégias para divulgar a empresa na internet, certamente já deve ter se deparado com esse conceito.

Afinal de contas, embora grande parte das estratégias de propaganda online sejam voltadas para a atração de tráfego orgânico, isto é, através de técnicas não pagas, os links patrocinados são uma ótima alternativa para quem deseja investir um pouco e alcançar resultados a curto prazo.

Inclusive, todos nós já nos deparamos com os links patrocinados alguma vez na vida. 

Quando usados da forma correta, eles são capazes de oferecer uma excelente vantagem competitiva para as empresas.

No artigo de hoje, saiba se vale a pena investir em links patrocinados e quais os benefícios para uma empresa que pretende aumentar seu alcance e divulgar seus produtos. Acompanhe a leitura!

O que são Links Patrocinados?

De maneira resumida, podemos dizer que os links patrocinados consistem em anúncios pagos na internet, que aparecem em formato de texto simples, principalmente dentro dos mecanismos de busca, como o Google, como os primeiros resultados de pesquisa.

Assim, quando digitamos “quadro comando elétrico” no Google, por exemplo, nos deparamos com os primeiros resultados que tratam sobre o assunto ou vendem o equipamento, que geralmente são os anúncios (e são identificados como links patrocinados), seguido de outros sites, que não são pagos.

Alguns especialistas defendem que os links patrocinados incluem qualquer anúncio pago de divulgação de produtos ou serviços, sendo que os conteúdos que aparecem no Google seriam apenas uma das inúmeras possibilidades.

Ou seja, os links patrocinados também estariam presente nas redes sociais, blogs, entre outras plataformas online.

Os links patrocinados são segmentados pelos seus ganhos, incluindo:

  • CPC (custo por clique), pagamento a cada clique;
  • CPM (custo por mil impressões), pagamento a cada mil visualizações;
  • CPA (custo por ação), pagamento somente em alguma ação;
  • CPV (custo por visualização), pagamento para cada visualização.

Os valores pagos também dependem do modelo de anúncio e da palavra-chave escolhida pelo anunciante. 

Isso porque um termo popular, isto é, que tem mais procura dentro dos mecanismos de busca, como por exemplo, “restauração de fachadas antigas”, pode ter um custo maior.

3 benefícios dos Links Patrocinados para a sua estratégia de marketing digital

Os links patrocinados permitem o desenvolvimento de uma estratégia a curto prazo, além de ajudar no aprendizado das empresas, com relatórios de desempenho, sendo possível verificar o perfil do público-alvo e descobrir as necessidades da audiência.

Além disso, esses anúncios ajudam a testar continuamente as keywords (palavras-chave), verificando quais delas têm maior impacto e colaboram para o aumento de tráfego no site da empresa.

Desse modo, os links patrocinados são capazes de avaliar as ideias ruins e descartá-las, evitando maior consumo de tempo e dinheiro. 

Fora que é possível descobrir alguns equívocos nas campanhas, revelando quais são as melhores técnicas de divulgação.

Até porque cada tipo de negócio possui um público específico e, por conta disso, nem sempre a mesma estratégia de marketing digital aplicada a um jardim de infancia 2, é válida para uma loja de roupas, por exemplo.

No entanto, vale lembrar sempre do equilíbrio entre as iniciativas. Ou seja, ao mesmo tempo em que se investe em links patrocinados, não se pode deixar de lado outras ações de marketing digital orgânicas (não pagas).

Abaixo, confira algumas vantagens dos links patrocinados para a divulgação da sua empresa na internet.

1 – Aumento do visitantes no site

Hoje em dia, todo mundo quer ser encontrado no Google. 

Mais do que aparecer no buscador, é preciso ter uma boa classificação, afinal de contas, quando escrevemos “venda de açaí atacado”, por exemplo, temos a tendência de clicar nos primeiros resultados, pois acreditamos que são mais confiáveis.

Por isso, o rankeamento é uma das coisas que mais influencia no número de visitantes do seu site. Daí o porquê muitos planejamentos em marketing digital incluem o aumento do tráfego da página como um dos principais objetivos.

Mas, para quem está começando agora, atrair visitantes pode ser algo bastante difícil. 

Nestes casos, recomenda-se o investimento em links patrocinados para atrair visitantes, direcionando os usuários para o seu site, blog ou landing pages (páginas de conversão).

É necessário buscar pelos termos mais populares, como licenciamento ambiental em campinas, para que os visitantes possam ver seu link patrocinado com mais frequência.

2 – Facilidade de mensuração

Qualquer estratégia de marketing digital deve ser feita com base no público-alvo. 

Sendo assim, o ponto de partida é ter em mãos as características da sua audiência, para construir a persona (representação semi-fictícia do cliente ideal da empresa) e, desse modo, orientar a campanha.

Além disso, é preciso ter condições para medir propriamente os resultados de cada ação e fazer os ajustes necessários. 

Quer dizer, na divulgação de uma guitarra ibanez 8 cordas, quais iniciativas foram mais proveitosas e geraram resultados positivos.

Contudo, pode ser difícil orientar essa mensuração somente nas estratégias orgânicas. 

Por esse motivo, muitas pessoas usam as plataformas de anúncio por conta de suas poderosas ferramentas de métricas e análises, com relatórios das informações que a empresa precisa.

A partir desses dados, é possível reavaliar as maneiras de como estamos trabalhando as campanhas de marketing digital e assegurar um investimento orientado.

3 – Campanhas adaptadas ao budget

Se compararmos um link patrocinado com um anúncio televisivo, iremos perceber que o primeiro tem um custo de investimento muito mais barato, tanto em termos de divulgação, quanto em relação à produção do material.

Por isso, mesmo uma escola de educação infantil zona norte que não possui um budget alto para investimento em marketing, pode adaptar a estratégia dos links patrocinados para o seu teto de gastos.

Ao mesmo tempo, isso garante um melhor ROI (Retorno sobre Investimento), pois normalmente os anúncios pagos tendem a contribuir com o reconhecimento da marca, atrair visitantes e, até mesmo, aumentar as vendas.

Como usar os Links Patrocinados na sua estratégia?

Apesar das inúmeras vantagens dos links patrocinados, muitas pessoas pecam por não saberem como usá-los de maneira assertiva. 

Aliás, marketing digital não é mágica: é preciso ter muito planejamento.

Abaixo, separamos algumas dicas para usar os links patrocinados, válidas para quaisquer negócios, desde um profissional autônomo que deseja dar aula de violão completa para iniciantes, até grandes multinacionais.

Lembramos que é importante reconhecer as especificidades de cada empreendimento, mas com as sugestões a seguir, é possível ter um norte de como aplicar os links patrocinados de modo mais efetivo.

1 – Escolha o melhor canal

O primeiro passo é descobrir onde sua audiência está e, assim, investir no canal mais acessado pelo público-alvo. 

Por exemplo, se os seus clientes usam o Facebook, talvez seja interessante optar por essa plataforma. Mas, se há mais interesse em mecanismos de busca, o Google Ads pode ser uma opção.

Hoje em dia, é possível encontrar uma diversidade de canais. Por isso, a dica é sempre orientar a sua estratégia conforme a persona.

2 – Selecione as melhores palavras-chave

Opte por palavras-chave do seu nicho de atuação e que representem os interesses do público-alvo. Mas, não se descuide dos custos, pois o preço dos termos pode influenciar no seu investimento no link patrocinado.

Portanto, a missão aqui é selecionar as palavras-chave relevantes, mas que não sejam caras demais.

3 – Monte um cronograma

É importante escolher a hora, a data e o tempo do link patrocinado, pois os anúncios têm uma duração limite. 

Para isso, considere os horários de pico de audiência das redes e monte um cronograma organizado.

4 – Mensure os resultados

Por fim, é preciso mensurar os resultados de cada campanha. Somente com essa análise a sua empresa poderá perceber o que deve ser mantido na estratégia de marketing e o que precisa de ajustes.

É possível fazer uma mensuração mais geral, bem como outra mais individual, separando os canais em que cada anúncio foi veiculado. 

Dessa maneira, é possível verificar em qual mídia o investimento foi mais eficaz e se alguma plataforma pode ser deixada de lado.

Conclusão

Engana-se quem pensa que os links patrocinados não ajudam em nada; pelo contrário, eles são aliados da sua estratégia de marketing digital.

Porém, devem ser usados com parcimônia e equilíbrio, levando em consideração os objetivos do seu negócio, o perfil do público-alvo e, é claro, a disponibilidade de investimento.

Com esses cuidados, é possível elaborar uma estratégia paga otimizada, que trará resultados a curto prazo, além de colaborar para a lucratividade da sua empresa, gerando mais visitantes para o seu site e aumentando as chances de venda.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *