5 dicas de como interagir com clientes nas redes sociais

As redes sociais mudaram a forma com as pessoas e empresas interagem diariamente. Elas alteraram conceitos que estavam enraizados, e diminuíram o abismo que existia na comunicação entre as marcas e os consumidores.

A internet, por si só, evoluiu a maneira como os veículos de comunicação são usados pelas empresas. Além disso, o público-alvo não é mais uma massa de pessoas desconhecidas, para onde as ações eram destinadas.

Hoje em dia, é possível conhecê-los a fundo, pois são vistos de maneira mais heterogênea pelas organizações.

Os veículos de comunicação, como a TV e o rádio, não são mais os únicos formadores de opinião. O estilo de vida das pessoas passou a ser influenciado, também, pelo que elas acessam na internet, principalmente nas redes sociais.

Inclusive, os consumidores já não são mais receptores passivos de conteúdos, mas também formadores de opinião de empresas.

Isso porque eles conseguem expressar suas ideias por meio de uma simples conta nas redes sociais, referentes a qualquer produto ou serviço. Portanto, há uma interação muito maior entre eles e as empresas.

Neste artigo, abordaremos sobre a importância das redes sociais para as marcas, além de dar dicas de como expandir sua interação com o público-alvo. Acompanhe!

Importância das redes sociais para as empresas

O uso dessas plataformas foi adotado por pessoas do mundo inteiro, e faz parte da rotina de todos. Trata-se de um espaço onde as marcas também precisam estar para interagir com seus clientes e potenciais clientes. Isso porque elas trazem possibilidades como:

1 – Divulgar produtos e serviços

De pequenas a grandes empresas, todas podem usar as redes sociais para divulgar seus produtos e serviços. 

Os meios tradicionais, como a TV custam muito mais caro, o que facilita para uma grande revenda de betoneira 120 litros, mas dificulta para um pequeno negócio.

Além disso, nessas plataformas, existem pessoas interessadas em todo tipo de venda, é possível criar anúncios orgânicos ou investir nos pagos, além de ter uma mensuração de resultados muito mais simples.

2 – Interagir com clientes

Por meio das redes sociais, as marcas conseguem um relacionamento mais estável e uma interação mais customizada com seu público.

É possível responder a comentários, dúvidas e reclamações, incluindo mensagens na caixa de entrada. 

Por conta disso, muitas marcas usam as redes sociais como um verdadeiro complemento – se não o principal meio – de seu atendimento ao cliente.

3 – Fortalecer a imagem da empresa

Uma fabricante de queimador a gás entende a importância de estar presente nessas plataformas, principalmente porque chega a ser estranho não encontrar o perfil de uma marca por lá.

Um perfil no Facebook, por exemplo, permite que os usuários encontrem publicações sobre os produtos e serviços, sobre ações da marca e outros materiais que reforcem a autoridade dela naquilo que faz.

Isso fortalece a imagem da empresa e aumenta a confiança por parte das pessoas, transformando-a em referência para o público.

4 – Compartilhar a visão da empresa

Podemos considerar essas plataformas como uma vitrine virtual das marcas. Isso porque elas podem mostrar, além do que vendem, sua visão, ou seja, aquilo em que acreditam, além de sua visão e valores.

5 – Segmentação do público

Cada vez que uma academia para mulheres postar algum conteúdo nas redes sociais, ela pode fazer a segmentação de suas publicações de acordo com as particularidades de sua audiência.

Por isso, ela é capaz de direcionar seus esforços para aquela parte do público que tem mais afinidade ou interesse com o que será publicado.

6 – Saber mais sobre os clientes

Nessas plataformas, os usuários compartilham muitas informações sobre si mesmos, tais como gostos e desejos. Essas informações podem ser valiosas para que as marcas se aproximem do jeito certo de seu público.

Para isso, elas devem estar sempre atentas para o que realmente é relevante para a sua audiência.

7 – Possibilidade de vendas

Assim como é possível interagir com o público e divulgar produtos e serviços, é possível vender. Isso acontece, em especial, com aquela audiência que possui certo engajamento e aparenta ser mais madura para comprar.

8 – Ambiente controlado pela marca

Seja uma revenda de piso de concreto polido ou uma loja de roupas para pets, o público de cada marca sempre estará nas redes sociais. Portanto, a interação e outras possibilidades são uma realidade para qualquer negócio.

9 – Informação em tempo real

Mensagens urgentes de uma marca podem ser comunicadas instantaneamente nessas plataformas. Isso é muito importante, por exemplo, para otimizar uma gestão de crise.

Nessas situações, é necessário que a empresa se posicione rapidamente, evitando que um problema ganhe maiores proporções.

5 dicas para interagir nas redes sociais

A internet se tornou o principal canal de comunicação atualmente, principalmente pelas redes sociais. Por isso, as marcas devem estar presente nas principais delas, que são:

  • YouTube;
  • Facebook;
  • WhatsApp;
  • Instagram;
  • Messenger;
  • Twitter;
  • LinkedIn;
  • Pinterest;
  • Skype;
  • Snapchat.

Pelo menos no Brasil, essas são as plataformas mais utilizadas, em ordem crescente, de acordo com o relatório “Digital in 2020”, realizado pela We Are Social e Hootsuite.

Mas antes de criar um perfil em cada uma delas, é importante analisar em qual delas se concentra a maior parte do público-alvo de uma empresa. A partir disso, é só seguir as seguintes dicas:

1 – Ofereça um bom atendimento

A instantaneidade é a característica mais marcante de qualquer rede social. Por isso, a interação acontece muito rápido e a todo momento. Sendo assim, os usuários têm pressa quando o assunto é atendimento on-line.

Por isso, se uma pessoa quer esclarecer alguma dúvida sobre projeto de incêndio, por exemplo, a empresa precisa responder as suas mensagens o quanto antes.

Dessa forma, é fundamental contar com uma boa equipe, com profissionais dedicados a responder qualquer dúvida pertinente à empresa, seus produtos ou serviços. E isso pode ser otimizado por meio do uso de um FAQ.

FAQ é uma sigla para Frequently Asked Questions e quer dizer “perguntas frequentes”, em português.

Por meio dele, é possível tirar as dúvidas mais frequentes dos consumidores, através de respostas que já estão prontamente disponíveis.

Essa estratégia responde a tudo de maneira rápida e padroniza respostas, evitando contradições que podem manchar a imagem da marca.

2 – Tenha um ritmo frequente de publicações

Para que a audiência interaja com uma empresa nas redes sociais, ela precisa manter uma frequência de publicações.

Portanto, as postagens precisam seguir um fluxo que não encha a timeline do usuário de atualizações, mas que também não permita que ele se esqueça da marca.

Uma boa dica para fazer isso é usar ferramentas de automação para as redes sociais. Com elas, a empresa consegue organizar de quanto em quanto tempo vai compartilhar posts em seu perfil.

Assim, ela consegue divulgar os conteúdos de seu site e blog, aumentando o engajamento das pessoas em seu perfil nas redes sociais.

3 – Falar a mesma língua dos clientes

Para se aproximar melhor do público-alvo e interagir com ele, nada melhor do que falar a mesma língua. 

Por exemplo, um estabelecimento de vistoria de transferência não vai usar o mesmo tom de voz ou linguagem de um pet shop.

São públicos diferentes e que interagem de maneiras diferentes. Por isso, ao descobrir qual é essa linguagem, utilize termos, emojis, imagens, vídeos e tudo que esteja relacionado à maneira de falar desse público.

Além disso, é importante evitar termos usados apenas por especialistas, além de jargões corporativos e outros componentes que dificultem o discurso.

4 – Entrar na conversa

Nem sempre uma marca precisa esperar que os clientes cheguem até ela. Isso porque uma excelente maneira de interagir é se engajar em outras conversas.

Nas redes sociais, as empresas conseguem encontrar muitas discussões que envolvam seu nome ou o tipo de produto ou serviço que ela comercializa.

Por isso, é interessante olhar essas discussões e participar delas. Inclusive, a maioria dos usuários prefere se relacionar com as marcas que conversam com seus consumidores.

Portanto, conversar com eles e também incentivar sua participação são excelentes maneiras de ser mais social nessas plataformas e melhorar a interação.

5 – Ser atencioso

Algo mais corriqueiro do que se imagina são pessoas correndo para os perfis das empresas nas redes sociais para expressarem sua satisfação (ou insatisfação). E é extremamente importante que as marcas deem atenção a elas nesse momento.

Se elas são constantemente ignoradas, mesmo quando fazem um elogio, acabam desistindo e buscando a concorrência. Portanto, se uma revenda de conexões pneumáticas recebeu um elogio, ela deve responder o mais rápido possível.

Conclusão

As redes sociais são verdadeiras companheiras das empresas, para que estas possam ter interação com o seu público-alvo. Elas facilitam a comunicação e ainda permitem que por meio disso, as empresas identifiquem seus pontos fortes e fracos.

Assim, tanto os clientes de uma fabricante de tinta térmica para telhado, quanto a própria empresa, conseguem estabelecer um relacionamento proveitoso e vantajoso para os dois. 

E por meio de estratégias simples, é possível conquistar o público e se tornar sua marca preferida.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *